sábado, 9 de abril de 2011

O que era difícil de se imaginar, acontece no Brasil!

É certo que não conseguirei ser claro para muitas pessoas que lerem este texto! Talvez a questão não seja mesmo de clareza, mas de aceitação, de ser tocado e entender a verdade que tentamos expressar, espero que leiam até o fim.  Peço ao Senhor inspiração para escrever.

Vejam a tragédia que novamente se abate sobre o Rio, um jovem no mínimo confuso e atormentado, provoca a morte de 11 pessoas até este momento, além é claro da sua própria.  Falo da morte física, pois a espiritual para ele já havia ocorrido antes mesmo da tragédia na escola municipal no bairro de Realengo.

Veja a notícia   Veja no G1 tragédia em escola municipal do Rio, 11 crianças mortas a tiros!

A foto ao lado obtida do portal G1 - RJ é do atirador que matou até o momento 11 crianças no Realengo - Rio de Janeiro.  Ele se chama Wellington Menezes, e terminou sua trajetória destruindo vidas além da sua.

Você deve estar se perguntando, por que postei está foto no meu blog?  Respondo nas linhas que se seguem, antes porém gostaria de externar minha profunda dor, por tudo que passam os que vivem este drama!

QUE JESUS LEVE A PAZ E O CONFORTO DE QUE PRECISAM NESTE MOMENTO TÃO DIFÍCIL!


Antes de iniciar, há algo que é necessário dizer:  neste momento muitos estão se perguntando por que estou passando por esta dor? E alguns dizendo que Deus é este que permite uma barbaridade desta, de que Deus fala uma pessoa (o Wellington) que é capaz de fazer tamanha maldade?

A resposta não é única nem simples, mas pensemos que: Deus não deseja que soframos desta forma, e que apesar dos pecados que cometemos e destes não serão cobrados de nossos descendentes, há contudo as conseqüências destes que repercutem sobre todos a nossa volta e sobre os que amamos.

Deus até tenta nos poupar através do seu grande amor, sucessivas vezes nos avisa e nos faz conhecer que estamos cada vez mais mergulhando em caminhos, que só nos trarão sofrimentos e dor.  Jesus com seu exemplo ensinou o que devemos fazer para não sermos destruídos pela maldade que nos cerca, maldade que tenta a todo instante nos levar para longe de Deus.

Infelizmente as pessoas negam uma verdade absoluta: que há o bem personificado em Jesus, e na crença da existência de Deus, Javé!  E que também há o mal, o Inimigo dos homens e de Deus.   Que a todo instante estamos no centro de uma luta, e que nós fazemos opções que nos levam em uma ou outra direção, conscientes ou não, intencionalmente ou não. 

O que fez Wellington torna-se um assassino? Ele não será fruto de uma confusão, de uma perturbação física e espiritual?  Resultado de uma batalha interior e exterior sobre-humana,  que foi alimentada certamente por muito sofrimento, falta de amor, falta de valores cristãos verdadeiros, falta de apoio fraterno, mas principalmente da verdade contida no amor de Jesus e numa orientação espiritual, que precisa ser vivenciada, pois de Deus não vem a determinação de destruir e de matar.

Deus em sua infinita bondade foi capaz de enviar seu filho até nós, para servir de exemplo vivo de amor e paz, de fonte de inspiração e salvação, pela verdadeira e plena caridade.
Mas há milhões entre nós, que não acreditam e não aceitam isto como verdade, e por conseqüência também não aceitam à Palavra e o exemplo de amor que Ele nos deixou.

Resta então a uma imensa multidão de pessoas, o apego a valores temporais coletiva ou individualmente, isolada ou simultaneamente, com menor ou maior freqüência e intensidade, que estão materializados: no dinheiro; no luxo e na ostentação; no prestígio social; nas falsas alegrias (bebida, promiscuidade, drogas, etc.); no egoísmo e na vaidade manifestadas no poder sobre os outros; na sensação de auto-suficiência; numa falsa ciência e sabedoria (pois não há verdade naquilo que nos escraviza, que se põe acima da vida e do conceito de bem maior, que serve acima de tudo ao poder do dinheiro).  

Nossa sociedade por conseguinte se distancia de Deus, torna-se permissiva, decadente, valoriza o conforto e a exploração desmedida sobre as pessoas, e sobre toda a criação, e faz questão de esquecer os que não se inserem em seus padrões, cria a exclusão, cria muitas formas de males e doenças.  Doenças que atingem o corpo e o espírito, pois são obras da inspiração do Inimigo, de sua ação sutil que alimenta a vaidade humana, através de mentiras e falsas impressões de grandeza.  Muitos homens e suas estruturas sociais negam (ou falseiam) a Deus, para manter suas estruturas corrompidas, que lhes permitem um poder que oprime e destrói, monopolizando muitos, e como dissemos: que exclui pessoas de uma vida digna. 

Sobre as autoridades e estas estruturas, em outro contexto histórico semelhante falou Deus a Ezequiel 34:2-5.

"Criatura humana, profetize contra os pastores de Israel, dizendo:  Assim diz o Senhor Javé: Ai dos pastores de Israel que são pastores de si mesmos! Não é do rebanho que os pastores devem cuidar? Vocês bebem o leite, vestem a lã, matam as ovelhas gordas, mas não cuidam do rebanho.  Vocês não procuram fortalecer as ovelhas fracas, não dão remédios as que estão doentes, não curam as que se machucaram, não trazem de volta as que se desgarraram e não procuram as que se extraviaram. Pelo contrário vocês dominam com violência e opressão. Por falta de pastor, minhas ovelhas se espalharam  e se tornaram pastos de feras selvagens."  

Hoje vemos acontecer no Brasil, o que há tempos ocorrem nos EUA e em algumas partes da Europa.  Mas o Brasil, a sociedade brasileira deixa-se corromper por falsos valores, e se afasta cada vez mais do que pregou Jesus.  O que dizer das milhares de famílias destruídas em sua essência, e da promiscuidade reinante, a cultura do casa e separa e do adultério, a falta de contato e do amor mútuo nos lares, as pessoas assistem programas de tv recheados de maldade, mas não acham tempo para ora e conversar em família .  Para-se para assistir novelas, mas em poucos lares as pessoas se reúnem para louvar e agradecer ao Senhor, ou mesmo pedir luz sobre suas vidas.

Tenta-se legalizar (de certa forma liberar) o aborto (um assassinato)!  Tenta-se transformar o que não é natural (que deveria ser íntimo), em algo público e banal. 

Que tipo de família se constitui com pessoas que não respeitam leis naturais, e que ignorar a Deus?  Ou que lar é constituído sobre vícios e com base no abandono de irmãos (mulheres, crianças e idosos)?

Em nossa cultura e hábito social, já é comum abandonar nos asilos os idosos que "não tem serventia a família" (raciocínio absurdo e utilitarista).

O mesmo que é utilizado para abandonar bebês indesejados ou provocar abortos (afinal, eu
sou mais importante, é assim que pensam muitos).

Não é diferente do que serve por base para permitir que crianças, virem-se para viver nas ruas a sua própria sorte (e eu com isto, quem mandou por criança no mundo é o que dizem).

E os doentes esquecidos em ruas e hospitais?  Onde está o amor? Onde está a fraternidade?

Amor na dimensão homem e mulher, costumeiramente é confundido com as boas sensações obtidas no sexo, e com termos alguém que apenas nos sirva, pois tão logo surgem as dificuldades vem logo o desejo de separação (isto quando há uma relação de fato), afinal de contas o pensamento egoísta leva a pensar que: preciso cuidar de mim, não tenho nada ver com os teus problemas.

Os jovens são preparados para o sexo desregrado e cada vez mais precoce, como se fosse algo natural e sem conseqüências, transformam-se crianças em mini-adultos sem valores formados (só com vestimentas e hábitos incompatíveis com sua idade).

Incentiva-se a rebeldia e a ociosidade, sem educação de fato e sem formação moral, empurra-se crianças para a prostituição socializada (com o erotismo e adoção de "padrões sociais" contestáveis), bebida e drogas é uma constante (estou me refiro as legais também, cigarro entre elas), e muitas vezes o exemplo é dado por quem deveria orientá-las noutra direção.

Vejo hoje nas lan-house's crianças de 08 anos acessando programas de relacionamento, e vendo fotos absurdas de nudez e erotismo, jogando jogos de violência onde o assassinato e outros crimes é algo trivial.  Com dinheiro e autorização dos pais, que sequer procuram tomar conhecimento do que estão fazendo, muitas vezes por horas e horas.

Há também entre os jovens o apelo a músicas que propagam a violência, a símbolos que os colocam em meio a grupos e facções marginais, que criam uma imagem de mal, tão somente para estarem num círculo social degenerado.  Beber já é tão natural que não há motivos, a vida é uma eterna comemoração, uma constante balada, onde sexo é praticado com um e com outro, é sinal de liberdade e de  bem viver a vida, num ciclo destrutivo, jovens pais e mães abandonam seus filhos ou expõem a essas agressões continuamente, sem qualquer culpa.


Deus permite que nós tenhamos sempre a oportunidade de sermos melhores, a cada dia nos é dada uma nova chance!  Cabe a nós fazer um gesto na direção do bem.

Mesmo quando fazemos escolhas ruins que levam a destruição e a morte, como na ocupação de áreas de encostas em desacordo com o recomendado, como quando da construção de usinas nucleares negligenciando com a vida das pessoas, só por questões financeiras, pelo dinheiro e pelo poder  Ou mesmo quando iniciamos conflitos, que levam a milhares de mortes, movidos pela ambição e novamente pelo poder.  Estas ações casam com os interesses do Inimigo, mas mesmo nestas situações Deus mostra sua misericórdia conosco.

Muitas das situações ruins que vivemos, nada mais são do que o resultado da falta de amor, de respeito a vida, de fraternidade e obediência ao que diz as Escrituras Sagradas.  Muitas acontecem para que prevaleça a verdade, e são de inteira responsabilidade dos homens.


Como dissemos nossa sociedade é doente e gera pessoas doentes, que são instrumentos do mal, facilmente enganadas pelo Inimigo!  Só Jesus com o seu amor e a misericórdia de Deus, para curar e mudar uma sociedade tão degenerada.


Não é justo cobrar de Deus a responsabilidade pelas mortes dos inocentes no Rio (pequeninas ovelhinhas do rebanho de Deus), e em outras partes do mundo, sua justiça fará torna-se clara a culpa das nossas sociedades pervertidas, criadoras de doentes! 

Uma tragédia como a de Realengo pode nos fazer buscar em Jesus a paz e o amor que necessitamos, o conforto para os nossos sofrimentos, mas também nos faz enxergar melhor nossos erros, nossos pecados coletivos enquanto sociedade.

Respondo agora sobre minha motivação para postar esta mensagem:

Sinto muita dor pelo que aconteceu aos pequenos justos!  Que Deus acolha-os em sua graça! Lamento também pelo tipo de pessoa sem selo de qualidade (como diz o Pe. Fabio de Melo), que se forma cada vez mais em nosso meio social. Quantos Wellingtons já geramos?


Peço perdão aos que sofrem e a todos, por de alguma forma contribuir para essa dor, mesmo que seja com a minha omissão.   Fico triste por não ter conseguido ter clareza do que vi 02 (dois) dias antes.  Algumas cenas estão em minha mente desde o dia 04.04.

Infelizmente permiti que a minha dor pessoal pelos incidentes anteriores, me abatesse e me levasse a fraquejar, não compreendi a tempo o que me foi destinado, falhei com Deus.

Minha dor de cabeça e do corpo agora passaram, pois sinto que cumpri parte da tarefa: por ao alcance dos que desejarem e dos que precisam, aquilo que não me pertence.  Esta mensagem é para honra e glória do Senhor!  Para cumprir com o que determinou-me!

Pena que ainda prevaleça as minhas limitações e a recusa de muitos em contribuir para a busca da verdade, que está nas palavras e na vida de Jesus, no amor puro e verdadeiro que Ele semeou, e não propriamente no meu gesto.


Há ainda muito preconceito por parte das pessoas e instituições (pois tenho tentado levar as mensagens por alguns canais, mas sou censurado), e também há dificuldades pessoais, que limitam a absorção do que digo nas mensagens, que são inspiradas pela vontade do Senhor.

Diz Paulo Aos Coríntios 2:9.  Mas, como diz a Escritura: "o que os olhos não viram, os ouvidos não ouviram e o coração do homem não percebeu, foi isso que Deus preparou para aqueles que o amam." Deus, porém, o revelou a nós pelo Espírito. 

Não pensem vocês que é fácil escrever sobre estes fatos ou conviver com eles, mas cada vez que me aproximo mais do Senhor, menos temo as repercussões no trabalho, na família, e nos grupos sociais nos quais estou inserido.  Meu propósito maior é levar a todos que lerem, um estímulo a querer de fato conhecer Jesus, e a saber que Ele está bem próximo de nós!

Conforme Paulo escreveu sobre Jesus Aos Coríntios 1:24-25: "Mas, para aqueles que são chamados, tanto judeus como gregos, ele é o Messias,  poder de Deus e sabedoria de Deus.  A loucura de Deus é mais sábia do que os homens, e a fraqueza de Deus é mais forte do que os homens."  


Agora só o que me aproxima de Jesus é o que realmente importa, e toda a dor e sofrimento é menor, em minha vida.

Desde a minha infância guardo para mim eventos desta natureza, mas por mais que fugisse destes, eles se repetiram em minha vida e a caminhada não tem sido fácil.   Hoje tenho 43 anos e entendo perfeitamente, que minha vida é um reflexo das minhas escolhas, que não havia razão para me apegar tanto ao momento e a situações que julgava boas, e temer o que não compreendia bem. 

Só encontro paz, conforto, e alegria que me mantém de pé, quando faço o que me é designado pelo Senhor, que está vivo e presente, que está em todos os instantes de minha vida sejam eles bons ou maus.  Jesus é o meu Senhor!

Deixo algumas passagens para inspiração da sociedade:

Paulo Aos Romanos 13:12-14, "A noite vai avançada, e o dia está próximo. Deixemos, portanto, as obras das trevas e vistamos as armas da luz. Vivamos honestamente, como em pleno dia: não em orgias e bebedeiras, prostituição e libertinagem, brigas e ciúmes. Mas vistam-se do Senhor Jesus Cristo, e não sigam os desejos dos instintos egoístas." 

Paulo Aos Coríntios  6:12,  “Posso fazer tudo o que quero.” Sim, mas nem tudo me convém. “Posso fazer tudo o que quero”, mas não deixarei que nada me escravize.

Paulo Aos Romanos  6:23,  "Pois a morte é o salário do pecado, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Jesus Cristo, nosso Senhor."


Aproveito para deixar uma reflexão

Por que nossos filhos, crianças e jovens, passam horas e horas em atividades e locais que são impróprios a eles, ou mesmo passam sem nenhuma atividade, ou buscando as várias formas de vícios?

Por que as instituições públicas de ensino e educação, em sua grande maioria, não recebem os seus alunos em tempo integral?

Por que não podemos adotar projetos de formação de um bom cidadão de fato, nos estabelecimentos de ensino públicos, de forma que trabalhem desde cedo a dimensão espiritual (cristã), uma formação doméstica (aulas de cozinha e ofícios), uma formação artística (música, teatro, dança, etc.), uma formação técnica (conhecimentos básicos em ofícios, carpintaria e eletricidade por exemplo), e uma formação cidadã (legislação de trânsito, cuidados com o meio-ambiente, direitos básicos da criança, do jovem, do idoso, e da mulher, etc.).

NÃO SERÁ ESTE UM GRANDE PECADO NOSSO?

Lembremos do Salmo 33:10-12

Javé desfaz os planos das nações
e frustra o projeto dos povos.
O plano Javé permanece para sempre,
os projetos do seu coração, de geração em geração.
Feliz a nação cujo Deus é Javé,
o povo que ele escolheu como herança.


Se acredita na mensagem que transmitimos, peço-lhes que a divulguem ao máximo! 
Que a paz de Jesus esteja sempre convosco!   

Vejam as postagens enviadas antes desta, estão logo abaixo ou ao lado nas abas classificadas por mês.  Geralmente são postadas bem antes dos acontecimentos, confiram as datas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja responsável em seus comentários!

Flagrantes e opiniões no Foco BRASIL

Estamos elaborando e produzindo um novo instrumento de prestação de serviços de utilidade pública, de divulgação de ações sociais e expressão de opiniões, denúncia e informações.

Trata-se do blog Foco BRASIL que breve estaremos publicando, nele estaremos abordando questões relacionadas com o cotidiano e comportamento social, política, administração pública e povo.
Além de implementar, divulgar e apoiar ações de prestação de serviço de utilidade pública

Nossa abordagem será mais específica e isenta, numa linha de informação clara, que estará integrada as outras propostas, em alguns momentos complementando ações em curso, contudo com um formato diferente do trabalho que fazemos nesta página.

Manteremos um link direto com o novo blog aqui nesta sessão, a previsão é de realizar no mínimo uma publicação semanal através deste.

AGUARDEM!

-------------------------------------

Nossas publicações em português do Brasil, podem ser traduzidas através do Translation ou outro aplicativo.
Loading...