quinta-feira, 19 de maio de 2011

Uma grande graça recentemente recebida!

Poucos dias atrás retornava para a minha residência no Janga em Paulista PE, enquanto estava no ônibus quando recebi uma ligação de alguém muito especial.

A pessoa estava angustiada e me ligou para externar suas preocupações e tristeza (algo que felizmente já fez anteriormente): poucos minutos antes havia sido cortado o seu dia de trabalho, e lamentavelmente teve que retornar para sua casa, apesar do seu grande esforço não era a primeira vez que incorria em falta em sua empresa, sei porque em outros momentos pude ajudar de alguma forma.

Estava realmente preocupada e sem que precisasse me dizer o que realmente a preocupava, conhecendo o que lhe acontecia e participando destes momentos sempre que possível, até por em outros momentos já ter lhe advertido sobre a necessidade de dar maior atenção ao seu trabalho como me inspirou o Espírito Santo a alguns meses.

Bem, havia a clara percepção de um impasse diante da condição em que se encontrava que certamente lhe levaria a perder seu emprego.  Na mesma ocasião recomendei que procurasse se acalmar e depois buscasse conversar com seu superior deixando claro toda a situação em que se encontra, com a verdade externa-se a importância de seu emprego e as razões pelas quais cometeu a falta involuntária.  Mas sabedor do que há por trás dos acontecimentos e das provações que enfrenta, pedi para que ela orasse ao Senhor com muita fé, ainda no ônibus orei bastante e iniciei uma conversa íntima com o Senhor Jesus, nela me dispus a enfrentar qualquer provação e a me submeter a toda e qualquer condição passivamente, sem levar ao enfrentamento ou reivindicar direitos se visse ser realizada uma graça na vida daquela pessoa.

A graça que pedi, era a ter toda aquela circunstância que colocava em risco o emprego da pessoa especial, dissipada, contornada com a verdade e amparada na misericórdia de Jesus, mesmo que fosse uma última oportunidade dada pela chefia dela, mas que o coração destes fosse tocado por Jesus fazendo-os enxergar com boa vontade a situação, de forma a trabalhar para uma solução boa a todos e de interesse comum.

Ao chegar em casa por volta das 21h estava me esperando a minha provação, era uma sexta-feira (13.05), mesmo sem  razão suficiente e amparado no direito, eu fui objeto de uma ação por terceiros que me causou constrangimento e humilhação, prejuízos e três dias de necessidades.  No mesmo instante veio um sentimento de revolta, logo substituído por uma calma e paz aliada com a certeza de que acontecia a partir daquele instante uma provação, cujo o objetivo era checar minha convicção a respeito do que tinha prometido a Jesus e sobre o pedido que lhe havia feito.

Foram três dias de dificuldades e angústia, ampliadas pela falta de contato com a pessoa pela qual intercedia, até mesmo por ela esta nitidamente evitando o contato, e pela atormentação causada com ações do Inimigo que tentava tirar minha convicção a partir de situações que levavam-me a dúvida e ao temor de acontecimentos piores.

No sábado após a missa por volta das 20h, sai de Engenho Maranguape com minha Bíblia e uns textos na mão e decide caminhar ao invés de pegar um coletivo até as proximidades de minha casa no Janga (uns 4 Km), e nesta caminhada por um local de pouca circulação de pessoas as margens de uma rodovia  de alta incidência de assaltos e eventos violentos, passava por um trecho de mata.  Meu objetivo era ter uma conversa íntima com Jesus, e questioná-lo sobre o que estava acontecendo aquela pessoa e a mim, e em dado momento fiz o que já fizera outras vezes em situações parecidas,  me entreguei a Jesus e deixei que ele fosse o senhor das situações, senti  minha alma tocada por Ele, no mesmo instante já próximo a mata parou ao meu lado um microônibus (quando era pouca a circulação de veículos), abriu-se a porta do coletivo e uma rapaz veio até ela e perguntou-me: irmão como faço para chegar ao Janga? No mesmo instante senti a presença do Espírito Santo e ri comigo mesmo, tive a certeza de que Jesus me fazia um afago bem humorado, respondi ao rapaz que era seguir em frente uns 2,5 Km.  O rapaz então perguntou o Sr. vai na mesma direção?  Respondi que sim. Ele me convidou a ir com eles enquanto outras pessoas dentro do ônibus falavam, pode vir irmão aqui todos são de Deus!  Já no ônibus cumprimentei a todos, e disseram-me nós somos evangélicos e estamos vindo de Araçoiaba para um evento na Igreja Episcopal do Janga e não sabemos bem onde fica.  Levei-os até bem próximo e orientei-os como chegar até o seu destino, bem como no retorno, depois retornei cerca de 1 km em direção a minha residência com a convicção de ter recebido um sinal de que minha graça pedida seria concedida, e de que Jesus me fez ver mais uma vez como Ele leva a providência as vidas das pessoas,  daqueles que estão angustiados, dos que precisam da interseção da oração dos que têm fé, e de como abre e guia os caminhos dos que o querem servir verdadeiramente.

No Domingo fui a missa em Cruz de Rebouças e percebi uma boa sensação que tomou conta de mim, e fui inspirado sobre como estava o ânimo daquela pessoa que antes estava aflita, durante todo a noite fiquei tranqüilo.

Na segunda-feira tentei durante todo dia falar com a pessoa que receberia a graça, só a noite ligou para mim, já com a voz tranqüila e dizendo-me que conseguiu uma atenção de sua chefia, que procurou contornar o ocorrido e estudava uma possível solução que permitisse evitar novos incidentes que voltassem a ameaçar a permanência dela no emprego.  Estava tão melhor que ainda comentou que só não conseguiu resolver no momento o desconto do dia, mas que ainda havia a possibilidade de compensá-lo, nessa ora eu ri e disse: para quem tinha por certo a demissão, se não conseguir compensar o dia este será o menor dos males!

Agradeço profundamente a Jesus pela graça obtida, e ratifico minha convicção em sua ação e misericórdia! Minha provação teve fim já na terça-feira, mas digo que enfrentaria toda humilhação e sofrimento que fosse necessário para ver a força do Senhor agindo em minha vida e na dos que amo, como já o fez muitas vezes!

Hoje publico este testemunho em louvor e agradecimento ao Senhor, pois tenho certeza que Ele concedeu a graça da permanência no emprego daquela pessoa especial, mas há muitos outros e muito maiores que a seu tempo publicarei!



Obrigado Senhor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja responsável em seus comentários!

Flagrantes e opiniões no Foco BRASIL

Estamos elaborando e produzindo um novo instrumento de prestação de serviços de utilidade pública, de divulgação de ações sociais e expressão de opiniões, denúncia e informações.

Trata-se do blog Foco BRASIL que breve estaremos publicando, nele estaremos abordando questões relacionadas com o cotidiano e comportamento social, política, administração pública e povo.
Além de implementar, divulgar e apoiar ações de prestação de serviço de utilidade pública

Nossa abordagem será mais específica e isenta, numa linha de informação clara, que estará integrada as outras propostas, em alguns momentos complementando ações em curso, contudo com um formato diferente do trabalho que fazemos nesta página.

Manteremos um link direto com o novo blog aqui nesta sessão, a previsão é de realizar no mínimo uma publicação semanal através deste.

AGUARDEM!

-------------------------------------

Nossas publicações em português do Brasil, podem ser traduzidas através do Translation ou outro aplicativo.
Loading...