quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Liberando o que havíamos retido, parte I

Decidimos postar as mensagens que havíamos retido ao longo de alguns meses, muitas das quais ainda não se realizaram, outras já havíamos adiantado em algum alerta anterior de forma pouco evidente, ou que precisaria de complementação.  Há também àquelas cuja as causas ocorreram recentemente ou estão em curso, e que breve ficaram claras.

Em nossos esforços há a convicção de que o momento é este, pouco importa a percepção externa!

mar.2012

- Paredes rachadas e evidências do que ocorreu, casas simples onde a necessidade de reconstrução impera, ante aos movimentos do solo.

Entre aqueles que são próximos de quem amo e distantes de nós, há de ocorrer momentos difíceis que envolvem a sua filha.

A área toda tomada pelas águas, e do alto via-se a devastação nas construções destruídas.

abr.2012

Em meio às faltas e falhas, o sagrado será revivido e redescoberto por nós, a ocasião propícia terá mais destaque que o esperado, é o momento de uma nova renovação.

Uma praga vai assolar a região após a grande devastação ocorrida no local.

Quando migrava de um local inóspito para onde a água está em abundância, a jornada é interrompida com dores, uma realidade próxima de nossa terra.

Numa região de serras e grandes formações, a água provoca desmoronamentos e dor, se repetem algumas tragédias brasileiras.

Mesmo após se distanciarem, algumas coisas persistem, mentiras e pretextos, faz com que uma pessoa especial use até um inocente para obter o que precisa e ficar confortável no erro. Algo pessoal demais para que possa aceitar.

Relíquias ou objeto de coleção, bonitos de se ver, mas seja na aquisição ou no transporte, o que acontece não é suficiente para ofuscar seu brilho.

As circunstâncias não são agradáveis, e o comportamento menos, não é a cor ou a aparência que importa, apenas as más ações que nos ameaçam (postada para uma constatação pessoal).

mai.2012

Completando o que já dissemos antes, foram eles no passado uma grande nação de guerreiros e cavaleiros, que formaram um império poderoso, e que agora serão arrastados ao conflito.

Grandes acúmulos de água, ruas sujas e destruídas, muitas pessoas se deslocando, falta medicamentos e há muitos no que seriam farmácias ou postos médicos, muitas pessoas se deslocando rapidamente e tentando embarcar em coletivos, uns velhos e típicos de locais pobres.  Já postamos sobre o que trata esta mensagem mas não com detalhes, que foram omitidos.

Num local onde o clima deixou suas marcas, o caminhão segue desgovernado como que sem freio, e os riscos a pessoas, carros e casas são muitos.

Jun.2012

Se o projeto não apresentava riscos, não ocorreria acidente, não importa se a sacada ou terraço parecia seguro, houve falhas e os inocentes sofrem.

O que já dissemos sobre a ameaça da fera há alguns dias, se repete com um pouco de diferença, sejam tigres ou leões os que atacam, o medo, a impotência e a morte caminham juntas num local não muito distante de um centro urbano.

Se pudesse alertaria quem precisa sobre os riscos que corre, um veículo é útil, mas acidentes podem nos trazer males e problemas sérios.  Algo que por ser pessoal é difícil de evitar.

No coletivo algo de fora é atirado ou disparado, o risco é grande e temor atinge quem nele está, em especial quando parece ser ultrapassado, situações que representam uma violência em curso.

Outra vez cenas até comuns de apreensão e dor, num ancoradouro ou pequeno porto, ou até mesmo uma marina, as embarcações expostas às águas agitadas, e não demora para que elas invadam as margens e ruas causando destruição, parece à repetição de algo recente.

Os acontecimentos são em uma área rural, em fazendas ou sítios, não muito distante, há um grande cercado e muitos animais, uma arena de disputas, mas os eventos e o clima ameaçam estes e as pessoas, é preciso usar de cavalos e veículos para proteger a todos. 


Aqui fazemos uma pausa nas atualizações, mesmo conservando algumas mensagens que não postaremos, por ser pessoal demais, ou não trazerem benefícios.  Postamos em seguida algo mais recente:


Numa excursão ou viagem de turismo em terras distantes, onde as montanhas podem ser vistas, um grande edifício ou hotel pode ser visto destacando-se entre as formações, e não muito distante circundado estava um lago ou reservatório, onde há ocorrências raras, mas o temor se faz presente e os que lá estavam precisam se abrigar do que vai ocorrer.

No verão os riscos aumentam para os que estão em suas casas, àqueles mal intencionados rondam nossas casas e não tardaram a por seus planos em prática, peço a Deus nos guardar de maldades tão próximas.

Em um local de aspecto rural próximo a matagais e/ou canaviais, quem cumpre o dever oficial e alerta sobre os riscos a quem lá reside, e os ilícitos em curso, seja no transporte ou cultivo, ameaça inocentes diante da ação que se sucede.

Não muito distante do litoral, uma grande concentração de esforços, militares, médicos e outros, também religiosos, até próximo de um templo ou a símbolos religiosos, numa estrutura e lugar em que os eventos impuseram uma emergência, onde as causas já não são importantes e sim a tentativa de conter mais sofrimentos.

No que pode ser também um cenário ou estúdio (há algo confuso), mas na verdade parece outra edificação, próxima a um grande túnel ou corredor, aparentemente ligado a muralhas ou paredões, observa-se a desolação que ameaça e avança numa grande margem, onde ao longe está a paisagem seca e árida.


Ezequiel 14:12-13

Recebi de Javé a seguinte mensagem: Criatura humana, se um país peca contra mim, cometendo algum delito, eu estenderei a minha mão contra ele; vou tirar-lhe os mantimentos e mandar a fome; vou acabar com homens e animais.   






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja responsável em seus comentários!

Flagrantes e opiniões no Foco BRASIL

Estamos elaborando e produzindo um novo instrumento de prestação de serviços de utilidade pública, de divulgação de ações sociais e expressão de opiniões, denúncia e informações.

Trata-se do blog Foco BRASIL que breve estaremos publicando, nele estaremos abordando questões relacionadas com o cotidiano e comportamento social, política, administração pública e povo.
Além de implementar, divulgar e apoiar ações de prestação de serviço de utilidade pública

Nossa abordagem será mais específica e isenta, numa linha de informação clara, que estará integrada as outras propostas, em alguns momentos complementando ações em curso, contudo com um formato diferente do trabalho que fazemos nesta página.

Manteremos um link direto com o novo blog aqui nesta sessão, a previsão é de realizar no mínimo uma publicação semanal através deste.

AGUARDEM!

-------------------------------------

Nossas publicações em português do Brasil, podem ser traduzidas através do Translation ou outro aplicativo.
Loading...