terça-feira, 3 de abril de 2012

Ainda há muito o que fazer.

Não serão as dificuldades que nos impediram de continuar a tarefa, mas infelizmente elas existem e trazem prejuízos ao que deveria fazer.  O intervalo longo que tenho dado para as publicações é só um sinal dos obstáculos que temos que superar, mas vou dar seguimento e postarei o que deve vir ao conhecimento de todos.

Para alguns pode ser tarde ou aparentar outra coisa, mas nós só queremos fazer o que se faz necessário e procurar agir com a verdade.


O que precisamos dizer:


Onde o conhecimento se faz importante, há muitos que demonstram sofrimento e nem mesmo neste local há segurança, não há nada de superior nos acontecimentos e quem se acham imune ao mal que semeia, perceberá que superior só Deus que à todos ampara, mesmo àqueles que em alguns momentos acreditam não precisar Dele.


 Sejam pedras, cristais ou o ouro negro, não são razões suficientes para justificar as perdas que podem trazer a muitos, e também aos que acham que isto lhes trará poder.


Os acontecimentos recentes foram apenas sinais, em áreas por vezes esquecidas o fluxo de contingentes e veículos pesados demonstram o tamanho da operação, não há paz enquanto a força é o principal instrumento, e nem mesmo a beleza das árvores e a aparência da região é suficiente para esconder os acontecimentos.


Barreiras de segurança, cães, etc. Não são o suficiente para evitar males que só podem ser combatidos através da verdadeira justiça.

Os acontecimentos que aqui mesmo já nos referimos, e que tratam de um campus não são isolados e vão se repetir de forma semelhante em breve, mas não necessariamente no mesmo local, apenas as motivações e os protagonistas chamaram a atenção para o que não estava tão evidente.


Para os que pensam controlar as nações por seu poder e tamanho, é interessante ter ao seu lado outros que buscam crescer no cenário internacional, ainda mais se estão muitos próximos a regiões delicadas,a Ásia é foco de muitas tensões e acordos nem sempre claros, turbantes escondem mais do que devem e a língua os aproximam, EUA e aliados movimentam-se e alguns dos "aliados de outrora" não lhes servem mais. O perigo é continuar neste ciclo de maldades ignorando a Deus e tudo sair de controle, o mal pode ser muito grande.


Navios alinhados e postos na direção ao que não será bom, discurso em pista na presença de outros líderes, sinais que mostram que não querem evitar o sofrimento de muitos.  A campanha não é um evento eleitoral, mas parece que apenas isto importa, e o sofrimento é questão secundária, o Brasil não precisa compactuar com o mal que vai ocorrer.


Muitos carros se deslocando, muitas pessoas, alguns observam a manobra e próximo estão os ônibus de viagem.  O que acontece não muito distante de um terminal chama a atenção.  Cuidado aos que viajam nos próximos dias, evitem está em grandes concentrações ou em veículos que não ofereçam segurança, inclusive por conta das condições de seu condutor.


Não é apenas mais um conflito, e não é por ser a região marcada por situações tão ruins que se deve ignorar, muito menos em função da cor da pele, estes merecem respeito e paz e não podem continuar a ser usados por quem lucra patrocinando mortes e dor,  e depois se acha no direito de intervir.  Sejam em vilas, savanas, ou locais rústicos a vida deve ter o mesmo valor que nos grandes centros.

Infelizmente está é muito pessoal, mas Deus há de amparar os que nele creem, não importa se no passado os acontecimentos não foram felizes para todos, toda dor merece respeito!  Deus cuide de todos e lhes deem a paz!

É triste ver os pequenos em meio a uma situação tão dolorosa, violência e vidas jogadas fora por conta de interesses mesquinhos, servindo de instrumento aos que propagam a dor e não possuem princípios, apenas o desejo de ter e poder e os transformam em armas. 


Em águas não muito profundas e com o litoral próximo, embarcações (algumas como rebocadores e pesqueiros) se deslocam ou ancoradas a pouca distância estão a esperar, mas o que vem nem sempre é bom e das  encostas ou de uma ponte e vias costeiras é possível ver o que acontece no mar e que a muitos afetará.




Salmo 139 (138): 01-06


Javé, tu me sondas e me conheces,
Tu conheces o meu sentar e o meu levantar,
de longe penetras o meu pensamento.
Examinas o meu andar e o meu deitar,
meus caminhos todos são familiares a ti.
A palavra ainda não me chegou a língua,
e tu, Javé, a conheces inteira.
Tu me envolves por detrás e pela frente,
e sobre mim colocas a tua mão.
É um saber maravilhoso que me ultrapassa,
é alto demais: não posso atingi-lo!


Deus pedoe-nos por nossa falta de zelo, e por nossa inconstância no tratar e no conduzir o que é maior do que nós.  Jesus tem misericórdia de nós e de todos, ajuda-nos a ser fiel e a cumprir nossa tarefa.   Que a verdade nos conduza pela ação do Espírito Santo, e que prevaleça a tua vontade hoje e sempre!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja responsável em seus comentários!

Flagrantes e opiniões no Foco BRASIL

Estamos elaborando e produzindo um novo instrumento de prestação de serviços de utilidade pública, de divulgação de ações sociais e expressão de opiniões, denúncia e informações.

Trata-se do blog Foco BRASIL que breve estaremos publicando, nele estaremos abordando questões relacionadas com o cotidiano e comportamento social, política, administração pública e povo.
Além de implementar, divulgar e apoiar ações de prestação de serviço de utilidade pública

Nossa abordagem será mais específica e isenta, numa linha de informação clara, que estará integrada as outras propostas, em alguns momentos complementando ações em curso, contudo com um formato diferente do trabalho que fazemos nesta página.

Manteremos um link direto com o novo blog aqui nesta sessão, a previsão é de realizar no mínimo uma publicação semanal através deste.

AGUARDEM!

-------------------------------------

Nossas publicações em português do Brasil, podem ser traduzidas através do Translation ou outro aplicativo.
Loading...