quinta-feira, 5 de abril de 2012

Reprodução de texto publicado na página Santíssima Palavra em 05.04.2012


Santo Sudário Muitos são os que contestaram ou contestam ao longo dos tempos a originalidade e veracidade do Santo Sudário, relíquia originada no sepultamento de Jesus Cristo após a sua crucificação, e que se encontra guardada na capela real da Catedral de Turim na Itália.

A existência do manto que envolveu o corpo de Jesus em seu sepulcro, e que está relatada em passagens dos evangelhos de Mateus, Marcos, Lucas e João, sempre provocou reações de fé entre os cristãos e uma profunda contrariedade entre os não-cristãos e céticos.


João 20:01-08

      No primeiro dia da semana, Maria madalena foi ao túmulo de Jesus bem de madrugada, quando ainda estava escuro. Ela viu que a pedra tinha sido retirada do túmulo. Então saiu correndo e foi encontrar Simão Pedro e o outro discípulo que Jesus amava. E disse para eles: "Tiraram do túmulo o Senhor, e não sabemos onde o colocaram."
      Então Pedro e o outro discípulo saíram e foram ao túmulo. Os dois corriam juntos. Mas o outro discípulo correu mais depressa do que Pedro, e chegou primeiro ao túmulo. Inclinando-se, viu os panos de linho no chão, mas não entrou. Então Pedro, que vinha correndo atrás, chegou também e entrou no túmulo. Viu os panos de linho estendidos no chão, e o sudário que tinha sido usado para cobrir a cabeça de Jesus.  Mas o sudário não estava com os panos de linho no chão; estava enrolado num lugar à parte.
      Então o outro discípulo, que tinha chegado primeiro ao túmulo, entrou também. Ele viu e acreditou. De fato, eles ainda não tinham compreendido a Escritura que diz: "Ele deve ressuscitar dos mortos." Os discípulos, então, voltaram para casa.

Para os cristãos como nós, cuja crença na ressurreição de Cristo é um elemento essencial de toda a sua fé, uma prova material de sua ascensão de corpo e alma, tem significado especial, ainda mais se esta é referendada por passagens das Escrituras Sagradas.

O Santo Sudário, que guarda as marcas das torturas e da dor impostas a Jesus e representa quase uma fotografia do corpo de Cristo (remetendo aos dias atuais as impressões físicas deixadas em um manto de linho), tem muito valor histórico e grande simbolismo, como o de testificar e colaborar com os textos bíblicos que anunciam a ressurreição de Cristo e o encontro de Madalena, Pedro e João, com o túmulo vazio no Horto das Oliveiras.

Para os não-cristãos, céticos e outros, seria apenas uma farsa orquestrada por algumas pessoas e mantida por séculos pela Igreja Católica, mas acima de tudo uma forma de quebrar a legitimidade da fé cristã.

A Igreja sabiamente, inspirada pelo Espírito Santo, não emite posições que possam por em dúvidas a nossa fé, ou cujo as bases sejam alicerçadas em objetos e episódios controversos que deem margem a questionamentos ou sejam fisicamente limitados e finitos.   E ainda dá oportunidade para que pesquisas sérias sejam feitas relativamente ao Sudário.

Imaginem se a época de Cristo houvesse uma forma de registrar os acontecimentos de forma confiável e semelhante aos tempos atuais (foto ou imagem por exemplo), então o que deveria sustentar a nossa fé?

A crença nas palavras nos atos e no amor de Cristo, nos evangelhos e na sua inspiração, na certeza de que Jesus é o filho unigênito de Deus e de que ele ressucistou para atestar as promessas do Pai e assim nos dá a salvação?

Ou será que pinturas, fotografias e imagens deveriam ser elevadas ao sentido maior da fé, sendo elas finitas e perecíveis, o que aconteceria após não poderem mais serem guardadas ou reproduzidas com fidelidade?   Ou ainda se pudessem estas ter sua originalidade contestadas e negadas?

O próprio Sudário já foi objeto de reparos por força de um incêndio ocorrido na Idade Média, e que provocou erros de datação pelo método de Carbono 14 em testes feitos em fragmentos obtidos por cientistas em 1988, que os levaram a afirmar que o manto seria uma farsa.

Tais pesquisas que hoje são totalmente explicadas a luz dos reparos encontrados nas laterais do Sudário, e cujos resultados fizeram com que fossem invalidados os argumentos dos que questionavam a autenticidade do manto.

Hoje pesquisadores asseguram que não há elementos que possam contestar a legitimidade do Santo Sudário.

Trouxemos este tema para abordagem por uma razão, a fé cristã não pode ser sustentada em evidências, nem dependente de graças e milagres, estes apenas contribuem para nos animar e nos servem de testemunhos, mas a verdadeira fé deve ser um sentimento de entrega total e voluntária, alimentada na certeza de que há um único e verdadeiro Deus, e que Jesus é o filho escolhido que muito nos ama, com a esperança de que pela ação do Espírito Santo, e pelo amor de Jesus estaremos com Deus no futuro.

Não se pode colocar objetos, imagens, homens e situações, acontecimentos temporais, acima do sentido da fé, das verdades que marcam o espírito, muito menos acima da palavra de Deus nosso Pai.


Recomendo ler:  Lições de João Paulo II diante do sudário - Notícias da Igreja 30.04.2010


vejam ainda a reportagem da Revista Veja Edição nº 2263 - ano 45 - nº 14 de 04.04.2012 pág 126-136.  O título é:  O Mistério renovado do Santo Sudário


Obs: Os grifos nas passagens bíblicas citadas, foram feitos por nós, para chamar a sua atenção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja responsável em seus comentários!

Flagrantes e opiniões no Foco BRASIL

Estamos elaborando e produzindo um novo instrumento de prestação de serviços de utilidade pública, de divulgação de ações sociais e expressão de opiniões, denúncia e informações.

Trata-se do blog Foco BRASIL que breve estaremos publicando, nele estaremos abordando questões relacionadas com o cotidiano e comportamento social, política, administração pública e povo.
Além de implementar, divulgar e apoiar ações de prestação de serviço de utilidade pública

Nossa abordagem será mais específica e isenta, numa linha de informação clara, que estará integrada as outras propostas, em alguns momentos complementando ações em curso, contudo com um formato diferente do trabalho que fazemos nesta página.

Manteremos um link direto com o novo blog aqui nesta sessão, a previsão é de realizar no mínimo uma publicação semanal através deste.

AGUARDEM!

-------------------------------------

Nossas publicações em português do Brasil, podem ser traduzidas através do Translation ou outro aplicativo.
Loading...