sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Justiça de Deus

Não temo falar sobre o que se desenrola no Brasil, porque sei que o Senhor está à frente do nosso destino, mas principalmente por ter a convicção da vontade manifesta de Deus.

Imagem reproduzida do Google Imagens
Enganam-se os que se associam a mentiras e sem escrúpulos agem pensando que são senhores das vidas, que farão o seu projeto mesquinho e nocivo, prevalecerem sobre os humildes , isto não acontecerá pela vontade do Pai, não pela nossa ou de qualquer um outro, tenham certeza.

Esquecem que Jesus nos deixou muito mais do que mensagens, deixou exemplos, e de sua promessa de que o Espírito da Verdade estaria entre nós, esquecem que o propósito é fazer acontecer o que Deus planeja à todos os que nele têm fé, mas principalmente contribuem para que sua glória se manifeste e converta multidões, quando o próprio Cristo já sinalizou, que entre os humildes e pequeninos estará o Santo Espírito transformando e fazendo nova todas as coisas, para que por meio delas sejamos levado ao caminho que conduz ao Pai.

Deus não está nos projetos que esquecem os humildes, não importa se a ele estejam unidos, ricos, "poderosos", pastores e a cúpula das igrejas, pois em tempos passados estes extratos foram os mesmos que condenaram o Cristo renegando a sua mensagem de amor, fraternidade, verdade e justiça.

Infelizmente como já frisamos antes, muitos dos que estão em postos que seriam para guiar os que anseiam está com Deus, conduzem os humildes por caminhos errados, que reforçam seus próprios interesses, seus status e sua confortável ilha de poder na terra, em detrimento de gerarem frutos bons e segundo o exemplo dado por Jesus, estes não tardam a se associar a projetos parecidos com os seus e que reforçam seus ganhos mundanos, sejam políticos, sejam os donos do poder econômico, ou da informação que levaria ao conhecimento, mas que como tudo mais são apenas instrumentos e muitas vezes frutos de manipulações e mentiras, seja para esconder os que verdadeiramente não agem segundo os valores de Jesus, seja para promoverem a si mesmos.

Como dissemos Deus está acima de todos e tudo, e mais presente do que muitos hoje costumam perceber, mesmo sendo "fiéis" ou pretensamente servos de Deus, alguns neste meio serão enganados como nos alertou Jesus, por não observarem com clareza a mensagem que alerta o cristão a olhar para os frutos das ações dos que usam o nome de Deus.  Em Mateus 07 (em especial no versículo 16), Cristo diz como identificar os que estão a serviço de Deus, ou os que fazem o que é de agrado do Senhor.

Sendo assim é ledo engano julgar as ações de muitos pelos nossos próprios preceitos, é o maior erro pensar que quem estar à frente de um povo, instituído como governante ou líder, se encontra lá sem que por Deus fosse permitido.  Maior equívoco está em pensar que por invocar o nome de Deus (Mateus 07,21) encontra-se este nas graças do Pai, quando as ações destes não condiz com o desejo do nosso Senhor.  

Muitas vezes, vi em pregações nas igrejas que frequento, como cristão católico, sacerdotes mencionarem na homilia frases que reforçavam o que é muitas vezes dito nos Evangelhos, ou no Velho Testamento, ao dizerem que Deus faz surgir entre os homens, mesmo entre àqueles que não se acredita fazer parte de seu povo, instrumentos para que se realize plenamente sua Palavra, algo inquestionável, pois se o fosse estaríamos questionando a força e misericórdia do Pai.  No entanto, quantas e quantas vezes vejo entre os cristãos, em igrejas diversas, e mesmo entre seus líderes e pastores, tantos que também falam e agem como se ignorassem a capacidade de Deus escolher e fazer surgir de onde menos se espera, e por meio de quem menos se acredita, obras e frutos para o bem de seu povo, usando de pessoas que são rejeitadas pelos que persistem como se fossem "servos iluminados", mas têm uma visão míope e centrada em seus próprios desejos, na sua concepção de como Deus deve agir, como se o Pai fosse um mero ator de seus scripits, interesseiros, mesquinhos ou limitados.

Lembremos de como José foi elevado a homem de confiança do faraó egípcio, e estando entre eles serviu ao povo de Deus, lembremos também como Ciro foi induzido a permitir os judeus retornarem a sua terra (relatado em Esdras 1). 

Dito isto volto a repetir, no projeto de Deus está o propósito do bem aos que ele ama, aos humildes e pequeninos em especial, e se há entre nós quem faz o bem a estes, resgatando dignidade de cada homem e mulher, propiciando os meios para que pelo trabalho se sustentem e enxerguem a misericórdia de Deus em suas vidas. Como pode àquele que tira milhões da miséria e da fome, afastando-os da injustiça extrema e do esquecimento, não ter de Deus bençãos e iluminação para tanto?

Enquanto muitos que oram e se dizem senhores da verdade não agem pela Verdade contida nos exemplos de Jesus, há quem mesmo aparentemente não tão próximo de Deus, está sim com ele, pelos frutos que suas ações geram.  Estes como disse Jesus, não fazem bem apenas aos pequeninos, mais ao próprio Jesus e por conseguinte ao Pai que o enviou (Mateus 25).

Nem de longe queremos ser presunçosos, mas apenas fiéis ao que nos foi mostrado e levado a externar em muitos momentos, com o único propósito de testemunhar a presença e Deus que se faz conhecer, e se deixa ao alcance de seu povo.  E muito nos custou o cuidado para não fazer como os que ele deixou claro que iria desmascarar, por agirem como falsos profetas e pastores interesseiros, ou sábios dotados apenas de seus truques e desejos, para que assim não continuassem a ferir e a desgarrar muitos que se deixam enganar, ou não compreendem as manifestações do Espírito Santo.

Assim, venho apenas manifestar o que Deus nos permitiu pelo seu Espírito Santo conhecer, que a justiça e a verdade triunfaram contra os que como um coluio tentam por seu projeto acima dos de Deus. Pela manifestação de Deus que se dá desde o início nos acontecimentos dos fatos recentes, triunfará quem bem faz aos pequeninos, sobre os que mentem e tentam enganar mas que os frutos de suas obras desde muito não condizem, com o que leva fraternidade, a justiça social, igualdade e a paz, mas acima de tudo a reforçar o amor de Deus entre os pequeninos. Nós contribuiremos com Deus, e o que nos revelou sobre a alegria espontânea que se manifestará entre os muitos pequeninos, e a presença de quem Deus escolheu para liderar, vai ocorrer por ser à vontade Deus, independente das dificuldades e das falhas de quem é seu instrumento, também será nítido o valor de quem um dia já liderou, como já é perceptível mesmo hoje e do qual falamos há muito.


Efésios 01:09

Deus derramou sobre nós essa graça, 
abrindo-nos para toda sabedoria e
inteligência. 


DEUS ILUMINE AQUELES QUE PRECISAM FAZER ACONTECER SUA VONTADE! ATÉ 05 DE OUTUBRO!  COM DEUS E PELO AMOR DE JESUS EM NOSSO MEIO!

Manifesto nosso voto!  E peço ao Pai que perdoe nossas limitações e ações, mas que nos guie segundo seu projeto de amor.


  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja responsável em seus comentários!

Flagrantes e opiniões no Foco BRASIL

Estamos elaborando e produzindo um novo instrumento de prestação de serviços de utilidade pública, de divulgação de ações sociais e expressão de opiniões, denúncia e informações.

Trata-se do blog Foco BRASIL que breve estaremos publicando, nele estaremos abordando questões relacionadas com o cotidiano e comportamento social, política, administração pública e povo.
Além de implementar, divulgar e apoiar ações de prestação de serviço de utilidade pública

Nossa abordagem será mais específica e isenta, numa linha de informação clara, que estará integrada as outras propostas, em alguns momentos complementando ações em curso, contudo com um formato diferente do trabalho que fazemos nesta página.

Manteremos um link direto com o novo blog aqui nesta sessão, a previsão é de realizar no mínimo uma publicação semanal através deste.

AGUARDEM!

-------------------------------------

Nossas publicações em português do Brasil, podem ser traduzidas através do Translation ou outro aplicativo.
Loading...